Como Fazer Uma Glock De A O

Vídeo para o cliente que diz

Os sinais podem ser como mesmo que acontece raramente, e polytypic. Este termo entende-se como a sua vária avaliação metrological. Os sinais quantitativos ou numéricos medem-se em certa escala e em escalas de intervalos e as relações (eu agrupam-se de um sinal. Qualitativo, os rangovy ou marca usam-se para expressão de termos médicos e conceitos de não ter valores digitais (por exemplo, o peso de um estado) e medem-se em uma escala de ordem (o II grupo de um sinal. A classificação ou o nominal (por exemplo, uma profissão, um tipo de sangue) medem-se em uma escala de nomes (o III grupo de um sinal.

Se n=1, isto é no momento de uma supervisão em uma célula, não todas as hipóteses nulas puderem verificar-se como o quadrado médio como neste caso não pode haver um discurso sobre a interação de fatores retira-se do componente Q3 da soma total de quadrados de desvios, e com ele também.

As substâncias de poluição diversas, chegando, podem sofrer nele várias transformações, fortalecendo assim a ação tóxica. Por essa razão houve métodos necessários de uma avaliação integrada da qualidade de componentes de um agrotsenoz. As pesquisas conduziram-se com base no múltiplo fator análise dispersiva em 11 polny zernotravyanopropashny rotação de colheita. Na influência de experiência dos seguintes fatores estudou-se: fertilidade do solo (sistema de fertilizadores (sistema de proteção de fábricas (C). A fertilidade do solo, o sistema de fertilizadores e o sistema da proteção de fábricas estudaram-se em doses 0, 1, 2 e as opções Básicas apresentaram-se pelas seguintes combinações:

Tendo suposto que na tarefa considerada sobre um de vário m de partidos de um produto se fizeram em máquinas t diferentes e deve descobrir, se são o essencial disponível um como produtos em cada fator:

A hipótese de H0 rejeita-se se de fato calculado F estatística = S/S é mais do que Fα:K1:K2 críticos, em uma significação valorizam α no número de graus da liberdade de k1=m-1 e k2=mn-m, e aceita-se, se F

Na prática muitas vezes há problemas do caráter mais geral – um problema do cheque da importância de distinções de vários jogos seletivos médios. Por exemplo, deve estimar a influência de vária matéria prima na qualidade da produção feita, resolver um problema sobre a influência do montante de fertilizadores na produtividade da produção agrícola.

Os resultados da análise dispersiva de dois fatoriais testemunham à influência fiável dos sistemas de interação de fertilizadores e os sistemas da proteção de fábricas em distinções em um fototaksisa do primeiro caso (a ação na dispersão geral fez 10,3%). Para o segundo caso a influência fiável da fertilidade que interage do solo e sistema de fertilizadores (53,2%) revela-se.

- classificação hierárquica (aninhada), característica do modelo II em que a todo o mundo ao eventual, o valor à toa escolhido de um fator lá corresponde o subconjunto de valores do segundo fator.

Assim, estes modelos diferenciam-se entre eles do modo de uma escolha de níveis de um fator que, obviamente, em viram a possibilidade de influências da generalização dos resultados experimentais recebidos. Para a análise dispersiva do um fatorial a distinção destes dois modelos não assim, contudo no múltiplo fator análise dispersiva pode ser muito importante.

Dizem que o equipamento da análise dispersiva é "robastny". Este termo usado por estatísticos significa que estas suposições podem quebrar-se um tanto, mas apesar dele, o equipamento pode usar-se.

Na análise dispersiva não as somas de quadrados de desvios e a assim chamada média que não são estimativas deslocadas de dispersões que expulsam a divisão das somas de quadrados de desvios no número correspondente de graus da liberdade analisam-se.

O cheque de hipóteses nulas de AI, HB, HAB da falta da influência na variável considerada de fatores de A, B e a sua interação de AB executa-se pela comparação das relações, (para o modelo I com os níveis fixos de um fator ou as relações, (para o modelo II casual) com os valores tabulares correspondentes F – critério de Fischer – Snedekora. O controle de hipóteses acerca de fatores com os níveis fixos também se realiza para o modelo III variado bem como no modelo II e fatores com níveis casuais – como no modelo

A divisão da dispersão em partes ou componentes é a pedra angular da análise dispersiva. A variação causada pela influência do fator que é a base do grupo caracteriza-se pela dispersão de intergrupo σ é uma medida de uma variação de médias privadas de grupos média geral redonda e determina-se por uma fórmula: